Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor



currently-reading


goodreads.com



Ida ao Porto | Pop-Addiction

por Alexandra, em 10.11.16

Este é o último post de divulgação de locais que visitei no Porto. Desta vez o destaque vai para uma loja de Funkos Pop (e não só).

 

Pop-Addiction (Avenida da Boavista, 1655 | Facebook) - inicialmente estava um pouco de pé atrás com estes bonecos. Toda a loucura à volta deles parecia-me um enorme desperdício de dinheiro, confesso. A verdade é que, depois de comprar o primeiro, já vou no quarto e tenho uma lista quase interminável de possíveis futuras compras. Na visita ao Porto não pude deixar de ir à Pop-Addiction, já que, depois de uma pesquisa rápida pela net, pareceu-me a loja mais indicada para o efeito. Não me enganei. Esta loja está carregada de Funkos, literalmente, até ao tecto, não só os Pop, mas também Dorbz, por exemplo. O paraíso dos icónicos bonecos Funko, portanto. Aviso já que é praticamente impossível sair de lá sem trazer nada, porque entre personagens de séries e filmes ou até membros de bandas, irá de certeza haver um que nos vai fazer brilhar os olhos de contentamento e, pronto, não nos vamos conseguir separar mais dele. 

pop-addiction1.JPG

Quando lá entrámos tinha acabado de chegar um carregamento deles. Ah! Que pequena maravilha. Nota dez também para os donos que foram super simpáticos.

pop-addiction2.JPG

Como referi, neste momento já tenho uma boa quantidade deles debaixo de olho, de tal forma que era bem capaz de gastar umas largas centenas de euros a comprar todos os que quero. Enquanto não os posso comprar às paletes, a minha escolha na Pop-Addiction foi para a Wonder Woman. Já andava à procura dela há algum tempo porque, como sempre, nunca compro na altura em que saem, e depois parece que esgotam misteriosamente ou tornam-se mais difíceis de encontrar. Felizmente ainda havia lá um que veio logo comigo para Lisboa. Se são doidos por Funkos, não deixem de ir lá. Nota importante: a Pop-Addiction vai mudar em breve de loja, para um local mais central perto do metro da Trindade, podem ver tudo no Facebook. Infelizmente, com tanto Funko para ver acabei por me esquecer de tirar mais fotos à loja, deixo-vos as da Wonder Woman que é para lá de espectacular.

wonderwoman1.JPG

wonderwoman2.JPG 

 

Nota: nenhum dos locais que partilhei aqui no blogue me pagou para fazer publicidade e nenhum dos livros, discos ou bonecos me foi oferecido. Era bom, era.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ida ao Porto | Tubitek CDV

por Alexandra, em 09.11.16

Terminadas as livrarias, segue-se uma loja de música. Esta já conhecia e devo confessar que, de todas as lojas de música que conheço, é a minha preferida.

 

Tubitek CDV (Praça D. João I, 31 - Facebook) - reabriu no mesmo local da mítica loja de discos Tubitek, muito bem sucedida entre os anos 80 e 90, mas encerrada desde o ano 2000. A Tubitek CDV foi reaberta pelas mãos de um empresário do ramo da música (Abílio Silva) em conjunto com um antigo trabalhador da loja original (Ricardo Salazar).

tubitek1 (2).JPG

tubitek4 (1).JPG

tubitek5 (1).JPG

Não sou do tempo da mítica Tubitek (fechou quando tinha 10 anos e não vivia em Portugal Continental por esses tempos), mas creio que fizeram um excelente trabalho com esta homónima CDV. Portanto, se estão no Porto temporaria ou permanentemente e são apaixonados por música, não deixem de lá passar.

tubitek3 (1).JPG

tubitek2 (2).JPG

Desta vez não trouxe nenhum vinil comigo porque neste momento estou particularmente interessada em dois (Wolf Alice - My Love Is Cool e Florence + The Machine - Lungs) e nenhum destes está a ser fácil de encontrar (apenas em último caso recorrerei à venda online). Já o meu namorado trouxe uma edição especial (com uma gravação com o logo da banda em relevo no lado D) do último álbum de Dillinger Escape Plan - Dissociation, lançado em Outubro deste ano.

dep - dissociation (1).JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Como já aqui falei, na sequência da minha ida ao Porto tenho vários sítios (livrarias e não só) para mostrar aqui no blogue. Desta vez, num post inteiramente dedicado à Confraria Vermelha - Livraria de Mulheres, a minha preferida das três que lá visitei (podem ver as outras duas aqui).

 

Confraria Vermelha - Livraria de Mulheres (Rua dos Bragas, 32 - Facebook | Site) - trata-se de um projecto feminista de Aida Suárez, que conseguiu tornar este espaço realidade através de uma acção de crowdfounding. Para além da livraria, neste espaço promovem-se workshops, visionamento de filmes, lançamentos de livros e tertúlias. 

confrariavermelha1 (1).JPG

confrariavermelha2.JPG

 

A cereja no topo do bolo é a existência de um clube de leitura mensal (As Leitoras de Pandora | Goodreads) para debater um livro de ficção numa perspectiva feminista, pessoal e colectiva. Como se não bastasse, nos encontros mensais há também petiscos para provar e saborear. Sinceramente, não sei como é que não existem mais espaços como este em todo o país. Fiquei com imensa vontade de ter ou frequentar um espaço semelhante (se houver por aí alguém interessad@, vamos a isso!).

 

confrariavermelha3.JPG

confrariavermelha4 (1).JPG

 

Como este espaço ganhou de imediato um lugar especial no meu coração, fui incapaz de sair de lá sem trazer um livro comigo. A escolha recaíu no Mal-entendido em Moscovo, de Simone de Beauvoir. Desta autora já tenho os dois volumes d'O Segundo Sexo, editado também pela Quetzal, mas que ainda não me aventurei a ler. Assim, pretendo começar por este, mais pequeno, e depois lançar-me aos outros dois. Os livros são-nos entregues nesta embalagem de papel, escrita à mão, e é-nos dado um marcador em madeira. Impossível não ficar encantada.

 

confrariavermelha5 (1).JPG

confrariavermelha6.JPG

confrariavermelha7.JPG

 

Se forem ao Porto ou se são de lá (ou perto) e ainda não conhecem esta livraria, passem por lá e espalhem sororidade. Confesso que desconhecia por completo este termo (provavelmente sou uma alma perdida que nunca chegará a feminista), mas gostei muito da sua definição: 

 

sororidade

1. Relação de união, de afeição ou de amizade entre mulheres, semelhante à que idealmente haveria entre irmãs.

2. União de mulheres com o mesmo fim, geralmente de cariz feminista.

 

"sororidade", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ontem fiz uma visita relâmpago ao Porto e vim de lá cheia de coisas para mostrar. As primeiras duas são a Livraria do Mercado e A Casa da Boavista.

 

Livraria do Mercado (Mercado do Bom Sucesso - Facebook) - iniciativa da editora Calendário de Letras, que aposta sobretudo nos fundos editoriais, tendo também algumas novidades. Encontrei uma boa quantidade de livros da editora Civilização (edições mais antigas) a 5 euros. 

livrariadomercado1 (1).JPG

livrariadomercado2 (1).JPG

livrariadomercado3.JPG

 

A Casa da Boavista (Av. da Boavista, 919 - Facebook) - com um conceito muito particular, junta uma livraria com um café-bar, no piso térreo, e um espaço para exposições, no piso superior. Gostei particularmente da forma como o espaço foi aproveitado, sobretudo no que diz respeito à livraria, conjungando a decoração de uma casa antiga (ou vintage, se preferirem) com os livros, numa simbiose quase perfeita. Único senão: apenas encontrei livros da Chiado Editora. O café-bar também é maravilhoso.

acasadaboavista1.JPG

acasadaboavista2.JPG

acasadaboavista3 (1).JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor



currently-reading


goodreads.com